No dia 30 de Janeiro, será oficialmente lançado, em Belém (PA), um novo pacto pela conservação de nossa Amazônia, que leva o nome de “Aliança Pela Restauração na Amazônia”. O Amazonia Live Rock in Rio entra como um dos membros fundadores da iniciativa, que pretende estabelecer uma plataforma de cooperação entre ONGs, empresas, academia, governo e sociedade civil, somando forças para ampliar a restauração florestal na Amazônia Brasileira. 

Rodrigo Medeiros, vice-presidente da CI Brasil, ressalta: “continuar os esforços de redução do desmatamento na Amazônia aliados a uma estratégia de restauração de áreas críticas que estão degradadas é essencial se quisermos continuar provendo recursos básicos para as pessoas como água, comida e bem-estar.” 

Dentre os outros fundadores e colaboradores estão: Conservação Internacional (CI-Brasil), Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), Instituto Socioambiental (ISA), World Resources Institute (WRI), Embrapa, Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (IMAZON), Amazônia Live/Rock in Rio, AMATA e Grupo AFB - Agropecuária Fazenda Brasil. O Ministério do Meio Ambiente (MMA) é parceiro da iniciativa. 

Atuação 

A Aliança pela Restauração na Amazônia busca: 

· Conciliar interesses e integrar ações em prol da ampliação da escala e da eficiência da restauração florestal. 

·Gerar, sistematizar e difundir conhecimentos e informações sobre restauração florestal, silvicultura tropical e sistemas agroflorestais. 

·Apoiar a captação pelos membros para viabilizar ações e projetos de restauração florestal. 

·Impulsionar a economia da restauração florestal, estimulando todos os elos da cadeia produtiva, gerando oportunidades de negócios, trabalho e renda. 

·Contribuir para formulação e implementação de políticas públicas que favoreçam a restauração florestal. 

·Disponibilizar protocolos e ferramentas que permitam a integração de dados para o monitoramento das ações de restauração e avaliação da dinâmica florestal. 

·Desenvolver ações de conscientização e sensibilização da sociedade civil acerca da necessidade de conservação/restauração da Amazônia. 

Como funciona? 

· Adesão voluntária mediante assinatura do termo. 

· Governança descentralizada, transparente e inclusiva. 

·Representatividade nos quatro segmentos (governo, empresas, sociedade civil organizada e academia). 

·Colaboração e cooperação entre os membros. 

·Articulação e integração de ativos, experiências e saberes. 

·Respeito aos conhecimentos tradicionais. 

·Comunicação dinâmica e transparente. 

·Respeito às particularidades produtivas e ecológicas dos variados ambientes e regiões amazônicas. 

Para tornar-se um membro ou associar-se, é preciso enviar um e-mail para André Lemos, Coordenador de Projetos da CI-Brasil: alemos@conservation.org

Saiba mais em http://www.conservation.org/global/brasil/Pages/alianca-restauracao-amazonia.aspx